Como repensar meu dia a dia e praticar o consumo consciente

Praticar o consumo consciente requer que repensemos nossa rotina e padrões. Por isso queremos te ajudar com maneiras práticas para ser mais sustentável.

Mudar nossos hábitos de consumo não é tarefa fácil, nós sabemos! Crescemos, aprendemos e somos constantemente incentivados a consumir. Por isso, sair desse ciclo é tão difícil e, às vezes, nem reparamos em como estamos consumindo. Afinal, quantas vezes você não se pegou comendo alguma coisa – especialmente na rua – e nem percebendo os sabores do alimento ou a forma que ele foi entregue? Ou, então, comprando roupas e acessórios que nunca usou? É no combate a esse hábito que o consumo consciente nos instiga a quebrar o padrão de produção de lixo!

Nós sabemos que nem sempre apenas ter as ferramentas de sustentabilidade – como canudo de inox e ecobags – são o suficiente para deixar de gerar resíduos plásticos no nosso dia a dia. E saber por onde começar e quais atitudes podemos mudar é muito importante nesse processo. Por isso, hoje trazemos algumas dicas para ajudar você a repensar sua rotina e torná-la mais consciente.

Você também pode baixar gratuitamente nosso Guia Prático para uma Vida Sem Descartáveis, com 10 dicas preciosas que vão desde o consumo na rua até viagens e jardinagem, no formulário abaixo.


Como ser lixo zero na rua

Quem tem uma vida muito agitada enfrenta muitas dificuldades para controlar o consumo de plásticos descartáveis no dia a dia. Especialmente fora de casa. Ficar o dia todo na rua, além de cansativo, nos estimula a consumir produtos de entrega rápida, como fast foods em plásticos descartáveis.

Na próxima vez que você estiver em uma praça de alimentação – seja de shopping ou ao ar livre – repare na quantidade de plásticos de uso único que são entregues com os alimentos. São inúmeros canudos, copos, talheres e até pratos, isso sem falar de quando o guardanapo vem dentro de uma embalagem individual, um absurdo! 

O mais alarmante disso é que todo esse resíduo vira lixo em menos de 20 minutos de uso, e o pior é que uma quantidade baixíssima dele será reciclado. Então, para mudar seus hábitos de uma mais sustentável, nós indicamos que você pratique o “não”

O primeiro passo para evitar o descartável é não aceitar ele nos seus pedidos. Negue o canudo, procure locais que usem materiais biodegradáveis ou reutilizáveis – como o papel – e carregue sempre o seu kit de sobrevivência. E, se não for possível negar, repense: eu preciso mesmo do que estou comprando; é essencial para a minha vida? Se a resposta não for um imediato e estrondoso “sim”, então não compre!

Leia também: como planejar um casamento ecológico?

A mudança começa dentro de casa

Os desafios de uma vida lixo zero não ficam só da porta para fora. A organização do nosso lar, a forma que compramos nossos alimentos e itens de limpeza são um dos pontos mais necessários de mudança, afinal, é com o exemplo em casa que nossos filhos aprendem.

Uma mudança de hábito que vai te ajudar a economizar, a inspirar pessoas e reduzir os descartáveis é comprar a granel levando suas embalagens! O bom dessa prática é que você compra a quantidade que quiser, pois o produto é vendido por quilo e geralmente é mais barato do que nos mercados tradicionais. 

Para não usar sacolinhas na hora de pesar os seus produtos, você pode levar seus potes de vidro, sacos de pano, embalagens de metal e até mesmo aqueles potinhos plásticos que ainda tem em casa. Afinal, o consumo consciente é focado em reutilizar antes de comprar. Lembre-se de pedir para atualizar a tara com o peso da sua embalagem na hora de colocar tudo na balança. Assim você faz uma compra sem gerar resíduos e economiza dinheiro, olha que lindo!

Higiene pessoal

A indústria dos cosméticos é a mais poderosa do mundo e uma das mais poluentes. Muitas marcas usam compostos químicos poluentes e prejudiciais a nossa saúde em seus produtos. As embalagens em sua maioria são repletas de plástico de difícil reciclagem. Além disso, a grande parte delas realiza testes em animais, uma prática que não podemos mais aceitar.

 A boa notícia é o crescimento de marcas que se preocupam com a sustentabilidade, com o meio ambiente e com as pessoas. Hoje existem marcas de produtos de beleza que são veganas – não testam e não usam componentes de origem animal – e que não são mais caras do que as marcas populares.

Mas higiene pessoal não é só maquiagem, xampú e sabonete. As escovas de dentes e de cabelo também são um grande problema, pois são completamente feitas de plástico, até as cerdas! Aqui você pode optar por escovas de madeira ou bambu, que tenham as cerdas de material orgânico, o bom é que elas são compostáveis!

Nas questões mais severas, como papel higiênico e absorvente, também temos algumas dicas interessantes: busque o produto que não seja embrulhado em plástico e conheça alternativas mais ecológicas, como o coletor menstrual e as calcinhas absorventes – economia para o bolso e para o planeta.

Além disso, você pode pôr a mão na massa e fazer os seus próprios produtos. A Cristal Muniz do Uma Vida Sem Lixo é especialista nesse assunto, confira o Instagram dela!

Limpar a casa

Para limpar a casa você pode substituir a vassoura de plástico por uma de palha – igual aquela que tinha na casa da sua vó, lembra? – e trocar a esponja de louça de plástico (sim, ela é de plástico e não reciclável) por uma bucha vegetal, dá até para plantar em casa, ou por uma versão de silicone, que é mais durável. No nosso e-book tempos uma receita de desinfetante natural para você fazer em casa 😉

Confira também: 3 dicas para reduzir o impacto ambiental em casa.

Dicas extras

Muitas são as possibilidades para reduzirmos o nosso lixo, mas é preciso repensar a forma e o que consumimos. Alguns outros hábitos que você pode mudar são:

  1. Se possível, ande sempre com uma mochila ou bolsa para transportar seu copo reutilizável, canudo de inox e ecobags;
  2. Tenha um lenço de pano para recusar os guardanapos de papel;
  3. Opte por uma marmita de metal ou de vidro;
  4. Ao consumir bebidas, sempre escolha a versão em latas;
  5. A dica acima também vale para alimentos (em conserva, extratos), escolha os produtos em latas ao vidro e qualquer um deles ao plástico;
  6. Reutilize os frascos de vidro para comprar a granel;
  7. Compre pão fresco em sacos de pano ou de papel;
  8. Escolha vinho com rolhas naturais e não plásticas;
  9. Evite frutas em embalagens plásticas e com adesivos plásticos.

Gostou das nossas dicas? Então compartilhe com os seus amigos esse texto, precisamos de cada vez mais pessoas repensando seu impacto no planeta! Se quiser, aproveite para nos seguir no Instagram e no Facebook, assim você fica por dentro das nossas ações e novidades. Lembre-se: a mudança de hábito começa com você!

Recommended Posts
Showing 2 comments
pingbacks / trackbacks

Deixe um comentário