Dia dos pais: homem, seja parte de um mundo mais lixo zero!

A revolução por um planeta com menos poluição e com processos produtivos mais sustentáveis é liderado por mulheres. Um exemplo disso é a Greta Thunberg, de apenas 16 anos, que está despertando muitas pessoas para a causa da sustentabilidade e virou referência mundial do movimento climático. Mas isso não quer dizer que os homens não têm (ou não podem ter) um papel importante nesse processo. E, aproveitando o dia dos pais, nós da Beegreen queremos falar sobre como os homens podem participar desse momento tão importante para o nosso planeta

Confira nossas dicas práticas para ser mais sustentável no dia a dia e a importância da representatividade masculina no movimento, especialmente para inspirar as futuras gerações. Afinal, o filho que vê pai e mãe – ambos os pais – lutando de mãos dadas por uma causa é mais impactado e pode virar um agente da mudança. Vem com a gente!

Por que homens não aparecem no movimento lixo zero?

Mulheres há muito tempo superaram os homens na arena de ação ambiental. Em uma pesquisa entre vários países e faixas etárias, as mulheres tendem a um estilo de vida mais eco-friendly. Em comparação aos homens, as mulheres produzem menos lixo, reciclam mais e têm uma menor pegada de carbono. Além disso, elas são mais propensas a apoiar normas ambientais, têm mais conhecimento científico e manifestam mais preocupação sobre as alterações climáticas.

Porém, o movimento lixo zero e da sustentabilidade existem como uma forma de reexaminar o consumo. E esses conceitos, teoricamente, não seriam mais atrativos para um gênero ou outro, mas algumas pesquisas indicam o porquê de homens não serem ativistas dessa causa e parecerem “não se importar” com o movimento de redução de consumo de descartáveis. E o resultado é alarmante e triste.

Leia também: Como trazer mais pessoas para o lado da sustentabilidade?

Segundo um estudo publicado pela Scientific American, os homens não parecem tão preocupados com as causas ambientais porque identificam o movimento como feminino. Para o Dr. Brough, “homens e mulheres julgam uma pessoa eco-friendly como mais feminina, e também se veem como mais feminina quando lembram de suas ações mais ambientalmente conscientes.” Como resultado, os homens subconscientemente escolhem ter menos atitudes sustentáveis para “proteger” a sua masculinidade. 

Essa escolha dos homens tem consequências graves: o planeta está chegando a um ponto sem volta, quando não é mais possível consertar os impactos que causamos. Por isso precisamos de lideranças sustentáveis que inspirem o máximo de pessoas a repensarem seus hábitos.

Aqui cabe muito o exemplo que os pais podem passar aos seus filhos, liderando e inspirando a partir de suas ações cotidianas. Afinal, a relação entre pai e filho é uma das primeiras que temos e que influencia muito durante o desenvolvimento da personalidade e construção da autonomia. 

Dicas básicas para o homem moderno e sustentável

Sabemos que é preciso saber por onde começar também, não é mesmo? Por isso mesmo que três ações vão fazer parte da sua vida: recuse, reuse e recicle. Esse é o mantra de quem busca uma vida de consumo consciente. E vai ser o que precisa passar na sua cabeça sempre que for comprar algo novo, afinal consumo consciente é cuidar do que se compra, buscar alternativas mais duráveis e que sejam práticas para o seu dia. Confira abaixo nossas dicas para os homens serem mais lixo zero.

Leia também: Lixo zero: como dar aquele rolê com os amigos e ser sustentável

Copo reutilizável e canudo de inox

Um dos maiores problemas que os homens enfrentam é carregar as ferramentas de sustentabilidade que tem. Afinal, como vou andar com um copo e um canudo de inox por aí? 

A nossa dica é a boa e velha mochila de costas ou bolsa lateral. Esse item é da rotina de algumas pessoas, mas passa despercebido. A mochila que você usa para o trabalho pode muito bem comportar o seu copo e canudo. Você pode usar a que tiver em casa mesmo ou procurar opções de bolsas recicladas, aquele famoso upcycling. E quando sair sem esse equipamento, os copos dobráveis são uma boa opção e que cabem no bolso de trás da calça.

Alimentação

Consumo consciente não é apenas em peças de roupa e andar com uma ecobag. É preciso entender que tudo está conectado e o que você come não é diferente. Então, a nossa dica é pesquisar as marcas que você compra, analisar a embalagem delas e também fazer uma mudança de hábitos. 

Aqui o passo a passo é o seguinte: o que você vai comprar vem dentro do quê; o molho de tomate, por exemplo, está em um saco plástico, copo de vidro ou lata de aço? Se você estiver diante dessas três opções, siga com a lata. Esse material é muito reciclado no Brasil. Somos o país que mais recicla alumínio no mundo, com quase 100% da produção sendo reaproveitada! 

Reduzir o consumo de alguns alimentos também é muito importante. A produção de carne e derivados animais, por exemplo, é muito custosa para o planeta, pois necessita de grande extensão de área – reduzindo o espaço da floresta – consome muita água e muito alimento. Hoje, a maior parte da produção de grãos não é para a alimentação humana. 

Higiene

Nesse quesito algumas trocas são muito interessantes e vão ajudar o planeta e o seu bolso. 

Aquele barbeador baratinho e cheio de plástico que você compra em qualquer esquina é um item de difícil reciclabilidade, pois remover o metal do plástico é muito trabalhoso e geralmente não é realizado. Isso faz com que esse produto fique nos aterros sanitário, poluindo o solo por 500 anos. Uma alternativa simples é comprar um barbeador de metal, aquele de antigamente e que é baratinho, ou trocar com uma opção elétrica, que é mais cara, mas vai durar anos.

O seu xampú também pode ajudar o planeta. Buscar opções desse produto que reutilizem a embalagem ou uma marca que faça o processo de reciclagem já é um começo. Outra alternativa é usar o xampú sólido, que serve para cabelo, barba e corpo e não gera resíduos (busque as marcas que usam embalagem de papel, por exemplo), além de ser unisex.

Roupas

Esse tópico pode parecer estranho, mas vai te ajudar muito. Aqui o interessante é procurar por roupas que são atemporais e que não vão sair de moda. Algumas peças nunca ficam velhas, como uma boa calça reta e de cor única, casacos mais longos e paletós. Para não ficar muito custoso, nossa dica é vasculhar os brechós da sua cidade, lá você vai encontrar roupas mais baratas, com boa durabilidade e ainda vai adquirir um produto sem gerar mais extração de recursos naturais.

Siga homens que se preocupam com o planeta

Andar sozinho é difícil, mas você pode buscar pessoas em quem se inspirar. Por isso trouxemos 6 homens que estão engajados na causa da sustentabilidade e consumo consciente, conheça o Instagram de cada um deles e aproveite para aprender com as dicas e experiências.

View this post on Instagram

Have you ever wondered what happens to the materials you place in a blue recycle bin? I know I have. How about that Styrofoam? It has a recycle logo stamped on it, so it's recyclable, right? . I had a unique oportunity to visit a materials recovery facility (MRF) in South LA to see how they do things. There was stuff everywhere, and despite the magnets, air, and oscillating equipment, if I'm being honest, I have no idea what was actually happening! . I share this with you, because I would like you to see just how challenging it can be to actually recover the items we place in our blue bins. Some of this material, like the red solo cups and Styrofoam will be sent all the way to Indiana for processing. And as to what happens to them, the person leading the tour didn't know. . Also, what if I told you that a lot of the plastic recovered at this facility was burned to create energy? Would you still think you were doing your part by putting it in a blue bin? As it turns out, much of the plastic recovered at this facility is pelletized and used converted to Refuse-derived Fuel to be used in cement kilns in Mexico. . To read more, check out my most recent blog post. Link in bio! . #zerowaste #reducereuserecycle #MRF #recycle #bluebin #cityofla #happeningindtla #zerowastela

A post shared by Jonathan Levy (@zerowasteguy) on

View this post on Instagram

Today is day 160 of my year of growing and foraging all of my food! It’s been nearly a month since I’ve given an update. Time has been utterly flying by. I look at the calendar and my mind is still set on January. Spring has sprung here and the heat will soon be upon me. Mosquitos have awakened, and as I have not screened in my house yet, they get their morning and nightly feasting of my blood. I must mosquito proof this place soon! My garden is flourishing. My garlic crop was a smashing success. I have a plethora of carrots underground waiting for me to be munched on. I can’t keep up with the amount of greens in my garden even with huge green juices and greens at mostly every meal. My freezer is packed and my shelf of dried foods is nearly overflowing. The dried herb mix I’ve made has made fast cooking more convenient. The squirrels are still getting the best of me still. They devoured my freshly planted peanuts and sunflowers and perhaps my cucumber and beans as well. No one task is that challenging on its own, but when I’m so busy, I don’t usually make the time to plant again after the squirrels get me. I’m so determined to make my own peanut butter with coconut oil and honey though. I have been so incredibly busy. I caught up on rest in the Everglades, but quickly went back to busy upon my return. With 40-60 hours per week of planting, harvesting, processing, cooking and eating, it seems to never stop. There’s always something to harvest or process. I have had great success with media lately with National Geographic, HuffPost, Daily Mail, the cover story of the two largest print outlets in Orlando, most of the local TV channels, and around 100 other media outlets. On Earth Day you can hear me on CBS Radio nationally and Despierta America, the largest Spanish speaking morning show in the USA. This all keeps me incredibly busy. But it’s what I live for, to reach people and inspire positive change! The food has been delicious! Here’s a photo of yesterday’s lunch- a yuca, fish, collard wrap garnished with Everglades tomatoes and beet, cabbage sauerkraut, plus a half dozen medicinal and tasty herbs! Health and happiness to you all! – Photo @Sierrafordphotography

A post shared by Rob Greenfield (@robjgreenfield) on

Não vamos condenar o futuro das  próximas gerações só porque demoramos demais para mudar! Compartilhe com os seus amigos esse texto, precisamos de cada vez mais pessoas repensando seu impacto no planeta! Lembre-se: a mudança de hábito começa com você!

Aproveite e nos siga no Instagram e no Facebook, para ficar por dentro das nossas ações.

Recommended Posts

Deixe um comentário