Dia mundial do meio ambiente: lute por um mundo mais sustentável

Todo dia 05/06 voltamos nossa atenção ao Dia Mundial do Meio Ambiente. Esta data foi instituída pela ONU durante a Conferência de Estocolmo, em 1972, que abordou assuntos relacionados a saúde do planeta. O cinco de junho visa a popularização de pautas ambientais, com o objetivo de transformar todos os cidadãos em defensores da preservação e valorização da fauna e da flora.

Por que é importante “militarmos” em prol do meio ambiente? Só para ter uma ideia, segundo a Organização Mundial de Saúde, a poluição no ar mata sete milhões de pessoas por ano, a maioria moradores de países pobres. Além do mais, nove em cada dez cidadãos respiram ar com grandes níveis de poluentes.

Outro dado alarmante publicado pela ONU relata que a poluição da natureza é responsável anualmente por quase um quarto – ou 12,6 milhões – de todas as mortes de seres humanos. Além disso, ainda segundo a ONU, os 50 maiores lixões do planeta trazem riscos à vida para outros 64 milhões de indivíduos. Por ano, 600 mil crianças sofrem danos cerebrais devido à presença de chumbo em tintas.

De acordo com relatório da Organização Internacional do Trabalho (OIT), “os países em desenvolvimento são o destino de 80% do lixo eletrônico produzido nas nações ricas. Infelizmente, eles carecem de infraestrutura, de tecnologias de reciclagem apropriadas e da regulamentação legal para absorver essa vasta quantidade de detritos”. Ou seja, acabam não conseguindo lidar com a quantidade de lixo que é gerado pela população. Isso impacta o meio ambiente local e também afeta globalmente.

Esses dados trazem à tona a urgência de repensarmos o nosso consumo e a produção de lixo, investindo em fontes renováveis, recicláveis e mais duradouras.

O Brasil e a sustentabilidade

Você sabia que a poluição mata mais de 100 mil pessoas por ano Brasil? É isto que aponta um relatório publicado pela revista científica The Lancet. Segundo o veículo, o ar contaminado é o principal responsável por levar à óbito cerca de 70.685 cidadãos. Seguido da poluição no ambiente de trabalho, com 18.512 casos, na água, 15.315 indivíduos, e no solo, 10.592 afetados.

Por que esses dados são tão estratosféricos? Infelizmente, o Brasil é o quarto país que mais produz lixo no mundo, com 11,3 milhões de toneladas, sendo que apenas 1,28% dos dejetos reciclados, de acordo com o Fundo Mundial para a Natureza (WWF). Além disso, o baixo índice de reciclagem faz o Brasil perder R$ 5,7 bilhões por ano.

Tendo em vista que das 78 milhões de toneladas de resíduos sólidos são produzidos anualmente no nosso país – 10,5 milhões só de plástico – como podemos mudar essa realidade? Duas ações precisam acontecer: desativarmos os mais de dois mil lixões que existem no Brasil e implantarmos uma rede regionalizada de aterros sanitários. Assim, os índices de reciclagem aumentariam e os valores arrecadados com ela seriam maiores.

Para essas duas medidas se tornarem realidade, devemos estimular o debate sobre produção de lixo e reutilização, engajando o máximo de pessoas possíveis sobre a causa sustentável. Faça petições on-line, converse com os vereadores do seu bairro e tenha os “pés no chão”. Mudar o seu contexto já em casa é impactante.

É hora de virarmos o jogo!

Geralmente caímos no senso comum de pensarmos, “do que adianta só eu mudar se todo mundo vai continuar fazendo errado?”. E hoje, realmente, não temos muito o que comemorar. No entanto, se tomarmos a iniciativa, serviremos de inspiração para as pessoas, que também serão referência para os outros. E isso desencadeia um giro de mudanças que vai se expandindo e afetando positivamente a vida das pessoas. Até que todos irão ver que a prática de ações sustentáveis só traz benefícios.

Agora é a hora da verdade. Repita três vezes comigo “eu quero mudar o mundo. Eu quero mudar o mundo. Eu quero mudar o mundo”. Pronto! Você deu o primeiro passo para uma mudança muito importante em sua vida. E para lhe auxiliar a ser um militante da causa sustentável, listamos os primeiros passos para essa nova jornada: separar e reciclar o lixo, eliminar o descartável, principalmente de plástico, economizar energia e evitar o desperdício de água.

Precisamos espalhar a mensagem da sustentabilidade aos quatro cantos do mundo. Converse com as pessoas da sua casa e tracem estratégias de redução de lixo, fale com os vizinhos e parentes também. Cada um fazendo um pouco gera um grande impacto positivo! Com isso, pode ter a certeza de que estará dando um grande salto para mudar tudo ao seu redor. A jornada é longa, mas não desista, o mundo precisa de você! E necessita também que inspire outras pessoas a lutarem. Estamos contigo nesta causa!

Esperamos que tenha gostado de todas as dicas. Aproveite e compartilhe o artigo com os seus amigos nas redes sociais! Nos siga também no Instagram e no Facebook para ficar por dentro das nossas ações. Lembre-se, estamos juntos para fazer do mundo um lugar melhor!

Recommended Posts

Deixe um comentário