O impacto do Copo plástico descartável no Meio Ambiente

O canudo de plástico descartável não é o único vilão do meio ambiente, sabia? Ele anda lado a lado e de mãozinhas dadas com o copinho de plástico descartável, outro inimigo ambiental! O uso dele não costuma ser muito comum em residências, salvo em festas e eventos, de modo que a maior parte da produção do copinho é usada em ambientes corporativos e estabelecimentos comerciais. O Brasil produz cerca de 100 mil toneladas de copos plásticos por ano e o potencial de reciclagem deste produto acaba por não ser satisfatória, sendo a maior parte descartada incorretamente, agravando assim a poluição do planeta. Mas, existe alguma alternativa? Existem várias para a nossa sorte e precisamos cada vez mais buscarmos por elas, por isso segue algumas dicas abaixo:

  • Ande sempre com o seu copo reutilizável dentro da bolsa;

1f0f8e5772552a96d054d2d1d86bda40

  • O seu copo reutilizável pode ser de: inox, vidro, porcelana ou até de plástico durável (dê preferência aqui ao copo eco feito de PP05, pois ele tem 25 vezes menos impacto sobre o meio ambiente do que todas as outras opções descartáveis e não libera bisfenol-A);
  • No trabalho: Adote uma caneca ou copo para chamar de seu;
  • No restaurante: Opte por copos duráveis, caso o restaurante/lanchonete ofereça de plástico descartável, peça um de vidro e explique o motivo pelo qual você está fazendo esta troca, às vezes rende até uma boa conversa sobre o assunto;

O Impacto do descartável

Estima-se que são consumidos, no Brasil, cerca de 720 milhões de copos descartáveis por dia, o que corresponde a 1500 toneladas de resíduos diariamente, segundo a Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos (ABRELPE).

Os copos de plástico descartáveis são produzidos a partir de poliestireno, componente derivado do petróleo, que é uma fonte não renovável de matéria-prima. Produtos fabricados a partir desse material não são biodegradáveis, ou seja, não são decompostos pela natureza, o que faz com o que o seu tempo no meio ambiente seja muito longo, chegando a levar mais de 450 anos.

De acordo com dados da ONU, o plástico representa 80% do lixo no oceano e pode causar a morte de diversas espécies marítimas, que confundem os resíduos plásticos com alimentos e acabam ingerindo-os. Para reverter essa situação, é preciso colocar em prática o conceito de redução, reutilização e reciclagem desses materiais. Comece repensando as suas atitudes de consumo, lembre-se: A mudança de hábito começa por você!

Fonte: Impacto Ambiental

Recommended Posts
Comentários
pingbacks / trackbacks

Deixe um comentário